lunes, 23 de agosto de 2010

Dirán que no soy piadoso

Dirán que no soy piadoso
y no lo soy, qué más da;
celebro cuando se va
un violador asqueroso.
Un tipo vil y morboso,
pedófilo y pederasta,
fue preso y se puso un "basta"
suicidándose en prisión.
Muy bien hecho, en mi opinion;
es repugnante esa casta.

1 comentario:

Tuca Zamagna dijo...

Me agradam muito seus poemas, Jose Luis, pelo engenho hábil da forma a serviço da contundência da sua sensibilidade e indignação.

Não conhecia seu trabalho. É um prazer conhecê-lo através deste blog. Passarei também pelos outros blogs que você mantém, à medida que meu tempo permitir.

Abraços